Sopa de letrinhas

Sopa de letrinhas

quinta-feira, 9 de agosto de 2012


Nada.
Aqui dentro.
Se traduz.
Em nada.
Alguma coisa que
Eu
Não entendo
Você
Também não
E que não
Vem a ser
Nada.

Vamos compreender?
Nada.
Um abraço?
Nada.
Último beijo?
Nada.
E nesse monte de
Nada
Eu
Encontro
Alguma coisa que
Eu
Não entendo
Você
Também não
Mas que
Vem a ser
Alguma força.
Alguma forca?

A força que constrói é a mesma que destrói?

Pronto.
Uma palavra
Outra
Vomitada
E
Nada
Compreendido
Que o
Não
Compreendido
É a força
E
Não
A forca
Isto é
Não
Compreendido
Nada
Compreendi que
Nada
Foi suficiente.

Um comentário: